Greve nacional dos Correios tem adesão de 15% dos funcionários de Joinville

Empresário que aumentou preço de remédio em 5.000% vai para a prisão
12 de março de 2018
JEC demite o técnico Rogério Zimmermann
13 de março de 2018

A mobilização nacional de paralisação das atividades dos Correios realizada nesta segunda-feira foi aderida por cerca de 15% dos trabalhadores da empresa em Joinville.

A principal pauta da mobilização é o plano de saúde dos funcionários. De acordo com o sindicato da categoria hoje os funcionários têm o benefício no regime de coparticipação, pagando percentual de 10% a 20% quando algum serviço for utilizado. Porém, a empresa planeja começar a cobrar uma mensalidade sobre o serviço, além de excluir pais e mães da lista de dependentes.