Familiares de vítimas do acidente da Chapecoense pedem ajuda no Senado

Em nova conversa vazada, Moro foi contra investigação sobre FHC
19 de junho de 2019
Prefeito de Florianópolis é solto após prestar depoimento
19 de junho de 2019

Quase três anos depois da maior tragédia da história do futebol brasileiro, familiares e amigos das vítimas da queda do voo da Chapecoense, em 29 de novembro de 2016, foram ao Senado Federal na manhã desta terça-feira (18) cobrar respostas e pedir o pagamento de indenizações aos envolvidos.

A presidente da Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo da Chapecoense, Fabienne Bele, disse que são três países envolvidos na tragédia, sendo que dois (Colômbia e Bolívia) negligenciaram realmente as vidas. Por isso eles pedem ajuda ao governo brasileiro no sentido de prestar auxiliar a buscar justiça nos países vizinhos. A audiência foi convocada pelo senador Nelson Trad (PSD/MS), presidente da Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado.