Catarinense tenta quebrar recorde mundial de corrida em esteira

Guarda Municipal de Joinville intensifica rondas em locais de grande circulação durante as férias escolares
10 de julho de 2019
Deputados catarinenses votam a favor da reforma
11 de julho de 2019

A Capital catarinense poderá virar palco de um recorde mundial. À partir do próximo domingo, 14, a ultramaratonista Débora Simas inicia o desafio de se tornar a mulher a correr a maior distância em uma esteira. O objetivo é correr ou caminhar durante sete dias seguidos praticamente sem parar, para tentar ultrapassar a marca de 833 quilômetros e 5 metros, recorde atual da britânica Sharon Gayter. “Vou começar a correr às 12h do dia 14 e pretendo sair de lá apenas no dia 21, depois do meio-dia, com a organização me colocando porta a fora, porque se deixarem eu vou querer correr mais na esteira”, brinca Débora.

A atleta conta com uma equipe de apoio composta por mais de 120 pessoas, incluindo os jurados do Guinness Book, além de médicos, nutricionista, fisioterapeuta e treinador. O público pode e deve participar incentivando a corredora neste desafio.

A inspiração para o desafio está no também ultramaratonista brasileiro Márcio Vilar, detentor do recorde masculino, que é de 827 quilômetros e 16 metros correndo em esteira durante sete dias. “Assisti uma palestra do Márcio e decidi que queria fazer isso também. Ano passado corri uma prova de mil quilômetros, foi um treino para saber como o meu corpo iria reagir”, explica a atleta. A preparação oficial para a quebra do recorde iniciou em dezembro de 2018.