Prefeitura de Joinville reforça cuidados para uso do transporte coletivo

Bairros Boehmerwald e João Costa têm abastecimento de água comprometido
24 de junho de 2020
Secretaria da Saúde monta barreira sanitária no aeroporto de Joinville
25 de junho de 2020

Com atividade liberada neste mês, o transporte coletivo municipal está funcionando de acordo com a Portaria da Secretaria de Saúde de Joinville número 113/2020, que estabelece normas de higiene e segurança para utilização do serviço.

Entre as medidas estão a operação dos veículos com até 60% da sua capacidade; uso obrigatório de máscaras por passageiros e motoristas; compra de passagem antecipada; limpeza e desinfecção dos veículos três vezes ao dia; circulação dos ônibus com janelas abertas, sempre que possível; restrição do ingresso de pessoas com 60 anos ou mais.

De acordo com a gerente da Vigilância Sanitária de Joinville, Edilaine Pasquali, embora a movimentação de pessoas esteja abaixo da capacidade máxima estabelecida, a ocupação dos ônibus tem causado dúvidas aos usuários.

Conforme as normas de segurança, está permitida a permanência de passageiros sentados (inclusive lado a lado) e em pé, desde que seja respeitada a capacidade de lotação estipulada (60%).

Dessa forma, considerando um ônibus convencional que oferece capacidade para 86 passageiros, sendo 35 sentados e 51 em pé, o número total permitido pela Portaria em vigência é de 51 passageiros, sendo 35 sentados e 16 em pé.

“Temos recebido denúncias de ônibus lotados, mas em nenhum momento a fiscalização da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra) conseguiu confirmar essa situação. Percebemos que falta esclarecer à população sobre o que representa a lotação dos veículos”, afirma Edilaine.

Por isso, a Prefeitura de Joinville solicitou às concessionárias que operam o transporte público do município, fixar nos ônibus informações sobre a capacidade original dos veículos e, também, as permitidas atualmente.

Além disso, os fiscais da Vigilância Sanitária e da Seinfra fazem vistorias constantes nos terminais de ônibus com maior movimentação de pessoas, verificando se as determinações estão sendo cumpridas, garantindo a segurança dos usuários.

Também nos dez terminais urbanos de Joinville, a Secretaria da Saúde realiza as barreiras sanitárias, onde acontece a aferição de temperatura de todos os usuários e a aplicação de testes rápidos para diagnóstico da Covid-19, em passageiros escolhidos de forma aleatória. Os terminais também passam por higienização. Há disponibilidade de álcool em gel também nos ônibus.