Joinville terá dia de ativismo pelo fim da violência contra a mulher

Santur pede em Brasília reabertura integral da fronteira em Dionísio Cerqueira
24 de novembro de 2021
Governador sanciona reajuste para servidores da Segurança Pública
25 de novembro de 2021

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) realiza nesta quinta-feira, 25 de novembro, um dia de ativismo pelo fim da violência contra a mulher em Joinville. A presidente do conselho, Simone do Nascimento Silva, e as conselheiras do órgão estarão na praça do Mercado Público Municipal, das 10 às 11 horas, expondo cartazes e faixas com a frase “Basta de violência contra a mulher”. A população está sendo chamada por elas a participar.

A movimentação marca o Dia Mundial pelo Fim da Violência contra a Mulher, lembrado em 25 de novembro. “Todo munícipe é bem-vindo nesta manifestação popular em prol das mulheres”, destaca Simone. Segundo ela, o dia 25 de novembro foi escolhido para denunciar a violência contra as mulheres no mundo todo e exigir políticas em todos os países para a erradicação desta violência.

Simone lembra que a forma mais comum de violência sofrida pelas mulheres é a física, mas há outros tipos, como a psicológica, a sexual, a moral e a patrimonial. Além dos registros de violência física, principalmente, Joinville também se destaca pelos crimes de feminicídio.

“O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher não pode se calar diante de tamanha violência!”, afirma a presidente do CMDM. “Traga o seu cartaz ou a sua faixa e venha para este dia de ativismo em prol de todas as mulheres que sofreram e sofrem violência em nossa cidade”, convida Simone.

SERVIÇO:

O quê: dia de ativismo pelo fim da violência contra a mulher.

Quando: 25 de novembro de 2021, das 10 às 11 horas.

Onde: praça do Mercado Público Municipal, Centro de Joinville.